NISSAN LANÇA PACOTES DE SERVIÇO PARA OFERECER MAIS FACILIDADE E COMODIDADE AOS CLIENTES NO USO DO CARRO

País foi premiado na categoria “Mercados de Médio Porte”.

RIO DE JANEIRO (14/08/2020) – Pela quarta vez consecutiva, a área de Pós-Vendas da Nissan do Brasil conquistou o "Prêmio Global de Pós-Vendas da Nissan" (Global Nissan Aftersales Award). Criado pela empresa em 1980, a premiação acontece anualmente para reconhecer os resultados alcançados pela área de Pós-Venda de vários países em diversos critérios. Entre eles, performance de venda de peças e acessórios, índice de atendimento de peças de reposição (fill rate), retenção e índice de qualidade percebida do cliente (CSI).

A Nissan do Brasil foi premiada na categoria "Mercados de Médio Porte". A satisfação do cliente é um dos pilares da Nissan do Brasil. A marca conta com um moderno Centro de Armazenamento e Distribuição de Peças localizado ao lado do Complexo Industrial de Resende, no estado do Rio de Janeiro, que aumentou a capacidade de estoque de peças e consequentemente a disponibilidade e maior rapidez no atendimento aos clientes.

Agilidade e foco no cliente

Inaugurado em 2014, o Centro de Armazenamento e Distribuição de Peças (CDP) está localizado em Resende ao lado da fábrica da Nissan. Com um investimento total de R$ 70 milhões, compreende cerca de 21 mil m² de área de armazenagem e distribuição de mais de 30 mil diferentes peças (SKU's).

Com foco na satisfação dos clientes, o CDP tem altos níveis de disponibilidade de peças para as concessionárias no Brasil e exportação, colocando o atendimento e time de Pós-Vendas da NBA dentre os TOP 5 atendimentos de referência no mundo.

A linha de acessórios originais Nissan é ampla e compreende todos os modelos da linha vendida no Brasil. São dezenas de opções para personalizar os veículos, como tapetes, rádios, frisos, aerofólios, santantonios, bagageiros de teto, capotas marítimas, entre muitos outros.

Uma das ações fundamentais do Pós-Venda da Nissan para diminuir o custo de propriedade – e influi também na revenda do veículo – é o Compromisso Nissan. O programa engloba três pilares para garantir a tranquilidade durante o uso do veículo: revisões até 60 mil km com menor custo do segmento, dois anos gratuitos do Nissan Way Assistance (assistência 24 horas em todo o território nacional e países integrantes do Mercosul; serviços de assistência em caso de acidente, pane elétrica ou mecânica, furto ou pneu furado) e três anos de garantia.São três pacotes: Plus, Master e Supreme. Com o"Nissan Protect Plus", o cliente adiciona mais um ano da assistência 24h do Nissan Way Assistance, que passa dos 24 meses oferecidos na compra para 36 meses, e todas as três revisões periódicas previstas no plano de manutenção para o período de três anos. Para o Nissan Kicks, por exemplo, essa opção custará R$ 1.377.

O"Nissan Protect Master" garante quatro revisões periódicas obrigatórias, adiciona mais um ano de garantia de fábrica (totalizando quatro anos de proteção contratual) e mais dois anos de assistência 24h (totalizando quatro anos). O comprador de um Nissan Versa pagará R$ 2.579 por essa opção.

No"Nissan Protect Supreme" são cinco revisões inclusas, três anos adicionais de Nissan Way Assistance (totalizando cinco anos) e dois anos a mais de garantia contratual (cinco, no total).  O preço para o consumidor dono de um Nissan March é de R$ 3.429.

A vantagem do"Nissan Protect" é que, se desejar, o cliente pode adquiri-los no momento da compra do carro e incluir o valor no financiamento, em uma parceria com o CrediNissan, braço financeiro da marca. 

Com o lançamento desse novo produto, a Nissan quer ajudar no planejamento financeiro do cliente e lhe dar tranquilidade ao oferecer peças originais e ampliação da garantia do veículo com as mesmas condições da oferecida na compra."Com o "Nissan Protect" é possível ter um planejamento financeiro, permitindo que o proprietário congele os valores, evitando a influência de aumentos nos valores da mão de obra das revisões ou de peças genuínas Nissan, por exemplo e ainda garantir um melhor valor residual de seu veículo, uma vez que o produto fica vinculado ao número de identificação do veículo ", afirma Fabian Gomes, diretor de Pós-Venda da Nissan do Brasil.