Dirceu Pinto, do Time Nissan, conquista a medalha de prata na Bocha nos Jogos Paralímpicos Rio 2016

Rio de Janeiro - Dirceu Pinto deu ao Time Nissan sua segunda medalha de prata nos Jogos Paralímpicos Rio 2016. O atleta e mais Eliseu dos Santos e Marcelo dos Santos perderam, nesta segunda-feira, a final das duplas mistas na Bocha para a Eslováquia, por 4 x 2, na Arena Carioca 2, no Parque Olímpico da Barra.

Dirceu ficou na reserva e nem chegou a entrar em quadra. Nesta terça-feira, ele faz sua estreia no torneio individual misto, na primeira fase da competição, a partir das 16h. O paulista enfrenta Lau Way Yan, de Hong Kong.

"Essa prata tem sabor de ouro", afirmou Dirceu, que ficou de fora torcendo para os colegas. "A torcida teve uma energia muito boa. Ficar entre os três melhores é uma grande vitória e a medalha de prata também tem de ser comemorada".

O Brasil venceu o primeiro set por 2 a 0 e permitiu a vitória da Eslováquia no segundo. Os eslovacos deram a volta no placar no terceiro set, vencendo pela contagem mínima e repetiram no quarto e último set do jogo.

Dono de quatro medalhas de ouro paralímpicas, em Pequim 2008 e Londres 2012, Dirceu manda um recado para a torcida brasileira: ainda não acabou. "A final do individual vem aí. E o apoio do torcedor é fundamental. Podem me esperar, que vai ter troco".

Time Nissan 
Contribuir para a formação dos atletas, indo além do simples patrocínio, é exatamente a proposta do Time Nissan, programa que foi criado em 2012 pela empresa para colaborar com a formação de atletas brasileiros com potencial para ajudar o país a se destacar nas competições de 2016.

Dos carros que foram cedidos aos programas de mentoria, coaching e os workshops – que já tiveram temas que vão além das questões de treinamento esportivo, como gestão financeira, direção segura e boas práticas de expressões corporal, verbal, visual e virtual –, a empresa busca estar sempre do lado do seu time como uma verdadeira parceira.

No total, são 31 atletas de diferentes esportes Olímpicos e Paralímpicos que são acompanhados por dois mentores que marcaram o esporte brasileiro: Hortência Marcari, maior jogadora brasileira de basquetebol de todos os tempos, e o nadador Clodoaldo Silva, dono de 14 medalhas em Jogos Paralímpicos.

 

# # #

Nissan no Brasil
A Nissan, uma das maiores fabricantes de veículos do mundo, está presente no Brasil desde 2000 e opera hoje com mais de 160 concessionárias em todos os estados do País. A empresa produz automóveis na fábrica da Aliança Renault Nissan, em São José dos Pinhais, no Paraná, desde 2002, e investiu R$ 2,6 bilhões na construção de seu Complexo Industrial próprio em Resende, no estado do Rio de Janeiro. Esta unidade industrial foi inaugurada em abril de 2014 e tem a capacidade de produzir 200 mil carros e 200 mil motores por ano. Atualmente, a unidade industrial fabrica o Nissan March e o Nissan Versa e os motores flexfuel 1.0 12V e 1.6 16V.

A Nissan do Brasil é patrocinadora oficial dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016. A parceria contempla o fornecimento de cerca de 4.200 veículos de diversos tipos que irão atender às necessidades dos Jogos e do Time Brasil. Além da parceria com o evento, a Nissan também patrocina o Revezamento das Tochas Olímpica e Paralímpica Rio 2016. A participação da Nissan nos Jogos Rio 2016 se dá, ainda, por meio do Time Nissan, programa de mentoria a 31 atletas e paratletas brasileiros que buscam classificação e destaque nos primeiros Jogos Olímpicos e Paralímpicos sediados no Brasil. São mentores do grupo Hortência Marcari, maior ídolo do basquetebol feminino brasileiro, e Clodoaldo Silva, dono de 13 medalhas em Jogos Paralímpicos.

Nissan Motor Co.
A Nissan Motor Co., Ltd., a segunda maior fabricante japonesa de automóveis, está baseada em Yokohama, Japão, e faz parte da Aliança Renault-Nissan. Operando com mais de 247.500 funcionários em todo o mundo, a Nissan vendeu mais de 5,32 milhões de unidades e teve lucro de 11,38 trilhões de ienes (US$ 103,6 bilhões) no ano-fiscal de 2014. A Nissan produz uma ampla gama de mais de 60 modelos com as marcas Nissan, Infiniti e Datsun. A Nissan lidera a mobilidade em emissão zero no mundo, com as vendas do LEAF, primeiro veículo puramente elétrico de produção em série. É o modelo elétrico mais vendido da história, com quase 50% de participação no segmento de veículos emissão zero.