Da esquerda para a direita: Aurelio Muñoz, jornalista membro da FIPA, e José Luis Valls, chairman da Nissan América Latina.

Nissan LEAF, veículo 100% elétrico e líder mundial de vendas, recebe prêmio “Carro Verde do Ano FIPA 2018”

  • Novo Nissan LEAF é primeiro veículo a ser premiado na categoria "Carro Verde" pela Federação Interamericana de Jornalistas Automotivos (FIPA)
  • Última geração do veículo elétrico da Nissan se consolida como líder global do segmento e ícone do futuro da Mobilidade Inteligente

CIDADE DO MÉXICO, México – O Nissan LEAF, o veículo 100% elétrico da marca e líder global de vendas no segmento, foi eleito o "Carro Verde do Ano FIPA 2018", inaugurando esta categoria na premiação promovida pela Federação Interamericana de Jornalistas Automotivos (FIPA). Com a maior pontuação, o Nissan LEAF bateu outros nove concorrentes.

Durante o Salão do Automóvel de Detroit, representantes da FIPA entregaram o prêmio a José Luis Valls, chairman da Nissan América Latina. Em 2016, o Nissan LEAF também foi premiado pela mesma entidade, quando foi eleito "Carro Elétrico de 4 Rodas de 2016".

"Este reconhecimento é uma clara demonstração da liderança global da Nissan em veículos elétricos e tecnologias de condução autônoma sob a visão da Nissan de Mobilidade Inteligente, que tem o objetivo de melhorar a vida das pessoas através da transformação na forma como os carros são alimentados, impulsionados e integrados à sociedade", afirmou José Luis Valls, chairman da Nissan América Latina.

Sobre o Nissan LEAF

Nissan LEAF acaba de alcançar um importante marco: 300 mil unidades do modelo foram comercializadas em todo o mundo desde seu lançamento, em 2010. O carro elétrico da Nissan é o primeiro veículo zero emissão 100% elétrico produzido para uma comercialização em massa, sendo também o modelo mais vendido do mundo neste segmento.

Apresentada no final do ano passado em Tóquio, a nova geração do Nissan LEAF se destaca pelo novo design e a incorporação de tecnologias inovadoras que fazem do Nissan LEAF o modelo uma referência da visão de Mobilidade Inteligente da marca. Além disso, a nova versão tem 400 km de autonomia (conforme a norma japonesa), potência de 150 cv (110 kW) e velocidade máxima de 144 km/h.

Novas tecnologias

O novo LEAF permite o uso da tecnologia ProPILOT de condução autônoma em uma mesma faixa de rodagem. O modelo também oferece a tecnologia ProPILOT Park na qual o veículo assume o controle da direção, aceleração, frenagem, mudança de marchas e freio de estacionamento para orientar automaticamente em uma vaga de estacionamento, mesmo em estacionamento paralelo, por meio de uma operação simples e segura.

e-Pedal para reduzir o estrese do condutor 
Esta revolucionária tecnologia permite que o condutor inicie a condução, acelere, desacelere e pare apenas por meio de um aumento ou diminuição da pressão aplicada ao acelerador. Ao soltar completamente o acelerador, os freios regenerativos e de fricção são automaticamente aplicados, imobilizando completamente o veículo, que se mantém imóvel – mesmo em ladeiras –, até que o condutor pressione novamente o acelerador. Assim, o e-Pedal maximiza o prazer de dirigir do Nissan LEAF.

Design externo: linhas elegantes e pegada tecnológica "descolada" 
O design do novo Nissan LEAF adota linhas elegantes e dinâmicas. A emoção de dirigir um veículo elétrico é destacada pela frente proeminente, que também desempenha um importante papel para a excelente aerodinâmica. Os faróis em formato bumerangue e a grade frontal V-Motion são itens característicos dos modelos Nissan, enquanto que a grade com superfície brilhante na cor azul clara e a moldura azul dos para-lamas revelam que este é um autêntico veículo elétrico Nissan.

Design interno premium e de alta tecnologia inspira relaxamento 
O novo Nissan LEAF foi completamente redesenhado com foco no condutor. O painel frontal assume a forma de "asa planadora", oferecendo ainda mais funcionalidade por meio de uma otimização do uso do espaço.

O ambiente repousante e a sensação de qualidade premium são resultado dos materiais cuidadosamente selecionados. As costuras em tom de azul vibrante nos bancos, painel e volante são marca registrada dos veículos elétricos Nissan. Já a tela colorida de 7'' com tecnologia TFT (transistor de película fina) foi redesenhada para dar destaque às principais informações, como o indicador de energia da tecnologia Safety Shield e dados do sistema de áudio e navegação. O Nissan LEAF também vem equipado de fábrica com o sistema Apple CarPlay.

Sobre a Nissan América Latina

A Nissan América Latina é uma unidade de negócios criada em 2014 com o objetivo de acelerar o desenvolvimento da companhia através de estratégias específicas para os consumidores da região. A Nissan LATAM compreende cerca de 38 países, sendo três subsidiárias: Brasil, Chile e Argentina. Durante o ano fiscal 2016, as vendas atingiram 181.027 unidades. As operações da Nissan LATAM representam os seguintes mercados: Antígua, Argentina, Aruba, Bahamas, Barbados, Belize, Bermudas, Bolívia, Brasil, Chile, Costa Rica, Colômbia, Curaçao, Dominica, República Dominicana, Equador, El Salvador, Ilhas Cayman, Granada, Guatemala, Guiana, Haiti, Honduras, Jamaica, Montserrat, Nicarágua, Panamá, Paraguai, Peru, Porto Rico, St. Kitts, Santa Lucia, San Martin, San Vicente, Suriname, Trinidade e Tobago, Uruguai e Venezuela. Para mais informações sobre a Nissan na América Latina e a gama completa de veículos Nissan, visite o nosso site http://nissannews.com/es/nissan/lac

Nissan no Brasil

A Nissan, uma das maiores fabricantes de veículos do mundo, está presente no Brasil desde 2000 e opera hoje com mais de 160 concessionárias em todos os estados do País. A empresa investiu R$ 2,6 bilhões na construção de seu Complexo Industrial próprio em Resende, no estado do Rio de Janeiro. Esta unidade industrial foi inaugurada em abril de 2014 e tem a capacidade de produzir 200 mil carros e 200 mil motores por ano. Atualmente, a unidade industrial fabrica o Nissan March, o Nissan Versa e o Nissan Kicks, além dos motores flexfuel 1.0 12V e 1.6 16V. A Nissan tem cerca de 2.400 funcionários no Brasil.